McGregor perde título, Aldo vira campeão e UFC 206 ganha nova luta principal

Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 27 de novembro de 2016
Gustavo F. G. Ribeiro

Conor McGregor vs Eddie AlvarezConor McGregor nocauteou Eddie Alvarez em Nova York e garantiu o título dos pesos-leves (70 kg), o que o tornou o primeiro atleta a ostentar dois títulos do UFC ao mesmo tempo. No entanto, sua alegria não durou muito. De acordo com o site MMA Fighting, o irlandês foi destituído do posto e José Aldo assumiu novamente o status de dono da categoria dos penas (66 kg).

A manobra, além de fazer sentido de acordo com o discurso do próprio Dana White, presidente do evento, que havia prometido que McGregor teria que escolher uma cinta, seria uma forma de salvar o show marcado para o dia 10 de dezembro, no Canadá.

O UFC 206, por ser numerado, precisa (quase que obrigatoriamente) de uma disputa de título para liderar o show, o que deixou o evento ameaçado após a lesão de Daniel Cormier – que defenderia seu posto contra Anthonhy Johnson e teve que deixar o card às pressas.

Dessa forma, Anthony Pettis e Max Holloway assumem a luta principal do UFC Canadá em duelo válido pelo título interino dos penas, que era de Aldo desde julho passado. Por sua vez, o brasileiro se torna o campeão linear e, ainda em silêncio, aguarda a redefinição da categoria para retornar ao octógono.

4db0a85e48b093dac9bfb2b0b4d2e90fPrimeiro campeão dos penas do UFC, José Aldo foi superado por McGregor em dezembro passado e, desde então, tentou usar o currículo vitorioso e os dez anos de invencibilidade acumulados no MMA para garantir a revanche contra o irlandês, inclusive chegando a anunciar sua aposentadoria. Conor, no entanto, realizou suas três disputas na temporada 2016 em divisões mais pesadas (meio-médios e leves).

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre: Brasil, Destaques, Esportes, Mundo,

banner barbosa lanches