Parceiros

Cresce o número de construções em Barra de São Francisco

Aumenta TextoDiminui Texto
Imprimir
Compartilhar
Atualizado em 1 de setembro de 2012
Redação Multimídia SiteBarra

A demanda de construções em Barra de São Francisco aumenta a cada dia e o crescimento imobiliário faz expandir a venda de lotes e material de construção. Foram centenas de novas construções somente em 2012. São obras que vão desde construções de pequeno porte a suntuosas casas, com acabamento refinado; loteamentos e pequenos prédios com vários pavimentos, além das tradicionais reformas e ampliações que as famílias realizam.

Com esse aumento na demanda de construções, cresceu também o número de terrenos loteados e o setor imobiliário vem investindo ainda mais em urbanização e adequação de novas áreas para loteamento e residenciais, exemplos dessa nova realidade são os loteamentos Morada Feliz, no Bairro Campo Novo,  Loteamento Santa Isabel, no Bairro Vila Luciene, além de um considerável aumento na quantidade de casas no Bairro Irmãos Fernandes, Campo Novo e Vila Landinha. No interior do município as casas também ganham novo acabamento.

VENDA DE LOTES

A venda de lotes urbanos cresceu bastante este ano e o aumento da demanda faz com que novas áreas venham surgindo para loteamentos. Com isso, o município cresce para todos os lados. São loteamentos simples, geralmente com terras onde antes eram áreas produtivas ou de pastagens.

VENDA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

O aumento no número de construções no município proporciona ao setor de venda um leque de opções para comercialização de material de construção. O movimento nas lojas mantem uma regularidade já há alguns anos. O SiteBarra conversou com um empresário que relatou como anda o animo dos consumidores de Barra de São Francisco em relação ao setor: “A estabilidade na economia, a facilidade de financiamento e a queda nos preços tem contribuído para o crescimento nas vendas, isso vem de uns cinco seis anos pra cá, além disso o perfil do cliente mudou, agora as pessoas estão mais exigentes, estão investindo mais na qualidade.” enfatizou Gilmar Galdino, do Galdino Material de Construção.

O empresário também destacou que a venda de material básico para construção como tijolos, telhas, areia, barro, pedra para concreto, cimento, além de material para acabamento, não pára durante, mas no final do ano, em decorrência das já características chuvas a venda de material de acabamento tem um crescimento muito grande.

CONSTRUTORAS

Dono de uma Empresa no setor de construção há mais de 30 anos, com atuação em Água doce, Vila Pavão, Alto Rio Novo e Guriri, Júnior Borém, contou ao SiteBarra que apesar de ter havido um crescimento na procura de serviços a concorrência também aumentou: “Consigo 15 clientes novos a cada mês é uma média muito boa, mais a concorrência é desleal, falta fiscalização, só tem um fiscal para 40 mil habitantes, as pessoas aproveitam os feriados prolongados para construir irregular, na beiradas de rios, sem projeto certo, nós que trabalhamos na lei somos prejudicados. A fiscalização tem que existir para proteger a própria população, as construções na beira dos rios por exemplo, na época das chuvas correm o risco de desabar e causam um risco social para essas pessoas.”

Sobre o planejamento orçamentário para as obras Borém é bastante enfático: “Tem que planejar antes por que se não o dinheiro não dá, muito gente não planeja e depois o dinheiro acaba e não tem como terminar a construção, é por isso que tem esse monte de casas por aí sem terminar, fazendo a cidade ficar feia.”

CRESCIMENTO DE CONSTRUÇÕES NO COMÉRCIO

O número de construções no comércio francisquense também aumentou muito nos últimos anos, prova disso são inúmeros empreendimentos inaugurados nos últimos cinco anos, como a Itapuã calçados, Boroto Calçados, Sipollati, Supermercado Rondelli, Dadalto, Eletro Zema, Supermercado União, Lojas Simonetti, entre outros. “A cidade se destaca como um dos polos de desenvolvimento na região noroeste” é o que avalia um comerciante da cidade.

Clique aqui e compartilhe com seus amigos do Facebook

Veja outras matérias sobre:Geral,

Todos os comentários são de responsabilidade do seu autor e não expressa a opinião do SiteBarra e nem do autor do texto. O SiteBarra é democrático, permitindo a todos expressar a sua opinião, mas não aprovaremos comentários que contenham palavras obscenas e/ou ofensas.

2 comentários em Cresce o número de construções em Barra de São Francisco

  1. Cardoso - Engenharia e Empreendimentos comentou:

    Concordamos, precisamos de mais fiscalização dos órgãos competentes, as construções irregulares ainda são a maioria em nosso município, mas estamos otimistas em relação ao futuro da construção em Barra de São Francisco e região Norte do ES.

  2. Júnior Borém comentou:

    Com tanto engenheiro se formando por aqui, achamos difícil o mercado melhorar em relação a valorização profissional…..muitos estão pegando serviços muito “baratos” e isto nivela por baixo a possibilidade de um bom trabalho profissional…..engenheiro vai ter que ser professor de física ou matemática, ou procurar emprego em empresas de granito ou na prefeitura se continuar assim…..não há fiscalização eficiente e nem vontade política da cidade ter uma sede do CREA regional por aqui…..os engenheiros deveriam ser organizados iguais aos médicos e advogados que tem conselhos fortes e que tem tabela de preços…..em BSFco engenheiro disputa projetos com desenhistas que mal mal aprendem AutoCad e saem por aí vendendo projetos baratos e mal feitos…sem um estudo real do que é morar bem pra uma família…..só caixotes com pernas compridas e casas quadradas iguais ao Bob Esponja infelizmente…..No interior, engenheiro perde serviço prá qualquer pedreiro semi analfabeto com “experiência”……infelizmente a verdade dói mas tem que ser dita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>